Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Egito: Mursi à espera da decisão final

Egito: Mursi à espera da decisão final
Tamanho do texto Aa Aa

Um tribunal egípcio adiou para 16 de junho a decisão final sobre a condenação à pena de morte, ditada há duas semanas contra o ex-presidente islamita destituído, Mohamed Mursi.

Trata-se do primeiro presidente eleito democraticamente no Egito, em 2012, foi deposto em julho de 2013 pelo exército, e condenado à pena capital com uma centena de partidários da Irmandade Muçulmana.

Abdel Moneim-Abdel-Maqsoud, advogado de defesa comenta : “Tudo é possível, estamos à espera de tudo. Vamos apelar novamente da decisão”

Todas as condenações à morte devem ser submetidas à opinião não vinculante do mufti do Egito, a mais alta autoridade religiosa do país, antes de ser confirmada ou comutada.

Os Estados Unidos e a União Europeia expressaram sua preocupação após o anúncio da condenação à morte do antigo chefe de Estado.

O correspondente da Euronews para o Médio Oriente explica:

“Em caso de execução do deposto presidente Mohamed Morsi, ele será o primeiro presidente a ser banido desta forma , mas a questão que permanece em relação ao atual regime é como vai a comunidade internacional entender tudo isto”.