EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Volvo Ocean Race: Alvimedica na frente a caminho de Gotemburgo

Volvo Ocean Race: Alvimedica na frente a caminho de Gotemburgo
Direitos de autor 
De  Francisco Marques com LUSA
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A nona e derradeira etapa largou terça-feira ded Lorient, em França, e chegou esta sexta-feira a Haia, onde realiza uma paragem técnica. A partida para as últimas e decisivas 480 milhas acontece este

PUBLICIDADE

O veleiro turco-norte-americano Alvimedica, do skipper Charlie Enright, foi o primeiro a chegar esta sexta-feira a Haia, na Holanda, onde a regata de circum-navegação cumpre uma paragem técnica na nona e última etapa, entre Lorient (França) e Gotemburgo (Suécia).

The ETA projections for #Gothenburg suggest the time credit earned will fade… Bad news for TeamAlvimedica</a>? <a href="https://twitter.com/hashtag/VOR?src=hash">#VOR</a> <a href="http://t.co/pGPQSczdjI">pic.twitter.com/pGPQSczdjI</a></p>&mdash; Volvo Ocean Race (volvooceanrace) June 19, 2015

Esta, por assim, vitória permite apenas ao Alvimedica ser o primeiro a partir sábado, ao meio-dia (11h, em Lisboa), para as últimas 480 milhas náuticas da edição deste ano da maior competição de vela oceânica do mundo. Cerca de 01h45 depois, larga o chinês Dongfeng, de Charles Caudrelier, que foi segundo a chegar à cidade holandesa. Mapfre, Brunel, Abu Dhabi, Vestas Wind e SCA sucedem-lhes na partida, respeitando a ordem e a diferença na chegada. Apenas no final da etapa serão atribuídos pontos, numa prova em que o vencedor será o que tiver menos pontos — vencer uma etapa vale 1, chegar em segundo vale 2 e por aí fora, sendo que não terminar uma etapa vale 8 pontos.

It'll be a staggered restart from #TheHague tomorrow! Watch it live on http://t.co/W4ocS6nRYp#VORpic.twitter.com/vBsSE6GMrb

— Volvo Ocean Race (@volvooceanrace) June 19, 2015

Com 19 pontos, o Abu Dhabi, do skipper Ian Walker, já assegurou virtualmente a conquista da sucessora da Whitbread — só se não terminar esta última etapa é que se arrisca a perder o primeiro lugar. Continuam em disputa, entretanto, os restantes lugares do pódio, tendo como pretendentes o holandês Brunel (27 pontos), o Dongfeng (29), o espanhol Mapfre (31) e o Alvimedica (33).

A 12.ª edição da Volvo Ocean Race partiu em outubro de 2014 de Alicante termina, 38.739 milhas náuticas depois (71.750 quilómetros) a 22 de junho em Gotemburgo, depois de escalas em Cidade do Cabo, em Abu Dhabi (Emiratos Árabes Unidos), Sanya (China), Auckland (Nova Zelândia), Itajaí (Brasil), Newport (Estados Unidos), Lisboa e Lorient (França).

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Euforia toma conta das ruas de Madrid após a vitória de Espanha no Euro 2024

Chama olímpica ilumina a parada militar do Dia da Bastilha em França

Poluído ou não, ministra francesa mergulha no Sena para mostrar que é seguro para os Jogos Olímpicos