EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Atentado bombista mata procurador-geral do Egito

Atentado bombista mata procurador-geral do Egito
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A bomba rebentou no momento em que a coluna de carros que incluía o do procurador passava.

PUBLICIDADE

O procurador-geral do Egito, Hisham Barakat, morreu num atentado à bomba, no Cairo, esta segunda-feira. A bomba rebentou no momento em que a coluna de carros que incluía o do procurador passava.

Além da repressão da Irmandade Muçulmana, com a condenação à morte do ex-presidente Mohamed Morsi, o Egito executou recentemente alegados membros do grupo Estado Islâmico, o que motivou um apelo à vingança. O ramo egípcio do grupo apelou ao assassínio de juízes.

Considerado um forte opositor dos islamitas, Barakat foi nomeado para o cargo depois da tomada do poder pelo atual presidente Abdel Fatah al-Sissi, há dois anos, que destituiu o anterior poder da Irmandade Muçulmana.

Barakat é a mais importante figura do Estado a ser morta depois desta transição. O ataque fez ainda sete feridos – dois civis e cinco polícias.

A viral picture of how powerful the bomb attack on the Egyptian general prosecutor's convoy was. #Egyptpic.twitter.com/CM5iF9l3yI

— Menna منّة (@TheMiinz) June 29, 2015

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Polícia francesa mata homem que tentava incendiar sinagoga em Rouen

Ataque terrorista de Moscovo: tribunal rejeita recurso de um dos suspeitos

Polícia trata esfaqueamento de Sydney como "ato terrorista"