Grécia: Bancos abrem para pensionistas sem cartão "multibanco"

Grécia: Bancos abrem para pensionistas sem cartão "multibanco"
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Na Grécia mais de 960 agências bancárias abriram as portas exclusivamente para os reformados que não eram portadores de cartão multibanco. Cerca de

PUBLICIDADE

Na Grécia mais de 960 agências bancárias abriram as portas exclusivamente para os reformados que não eram portadores de cartão multibanco.

Cerca de milhão e meio de pensionistas puderam levantar 120 euros, a importância máxima que lhes é permitido levantar de cada vez.

Contudo, o descontentamento subsiste:

“Esta decisão é muito má, mas as pessoas são pacientes e estão calmas. A situação vai ser ultrapassada e será encontrada uma solução”, disse um reformado.

“Sessenta euros não dão para comprar o essencial. Os meus três filhos estão desempregados. Não podemos viver assim. A Europa devia ser mais séria”, lamentou outro.

Apesar de os bancos estarem abertos somente para os que não tem cartão multibanco, os pensionistas têm de esperar longas horas ao sol antes de poderem levantar uma pequena parte da reforma.

“Esta quarta-feira, desde muito cedo que milhares de pensionistas aguardavam no exterior de quase mil dependências bancárias de todo o país para levantarem uma parte da reforma. Enquanto esperavam, nas filas discutia-se o referendo e a atualidade política”, sublinhou Akis Tatsis, da Euronews, em Atenas.

Segundo uma sondagem do instituto ProRata publicada esta quarta-feira, 46% dos gregos é a favor do “não”, frente a 37% que são pelo “sim”. As restrições bancárias afetaram a intenção de voto e reduziram a percentagem dos que apoiam a recomendação do Governo de votar no “não”.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Grécia: do inferno à prosperidade

Previsões económicas da OCDE ligeiramente mais otimistas

Senado aprova aumento do teto da dívida dos EUA