Última hora

Última hora

Merkel assegura ajuda aos países dos Balcãs

Merkel assegura ajuda aos países dos Balcãs
Tamanho do texto Aa Aa

Angela Merkel iniciou uma visita de três dias à Albânia, à Sérvia e a outros países dos Balcãs.

Na Albânia, a chanceler alemã apelou a reformas mais profundas do sistema judicial, à luta contra a corrupção e ao crime organizado.

Merkel garantiu que apesar de um possível contágio da crise da Grécia, às nações dos Balcãs, a União europeia iria contribuir para que os processos de adesão não se atrasem.

“Posso afirmar que é do nosso interesse que coloquemos em prática a nossa promessa aos países dos Balcãs Ocidentais que têm perspetivas europeias, pois isso está relacionado com a nossa credibilidade”, assegurou Merkel.

O primeiro-ministro sérvio, Aleksandar Vucic, garantiu a Angela Merkel que o país está empenhado para atingir os objetivos de controlo da dívida, sugeridos pela União Europeia.

“Escolhemos medidas duras porque não é com soluções fáceis que podemos alcançar bons resultados. A Grécia é nossa amiga, mas as medidas económicas e o caminho económico que escolhemos é diferente”, assegurou o governante.

Em Belgrado, a chanceler garantiu que a Alemanha iria intensificar a cooperação com os países dos Balcãs Ocidentais de modo a ajudá-los a conter o fluxo de imigrantes ilegais provenientes do Médio Oriente e de África, que usam estes países para tentar entrar na União Europeia.