Última hora
This content is not available in your region

Último dia da visita de Barack Obama ao Quénia

euronews_icons_loading
Último dia da visita de Barack Obama ao Quénia
Tamanho do texto Aa Aa

Recebido efusivamente no Quénia, no último dia da sua visita oficial, Barack Obama falou sobre a corrupção e sobre os direitos humanos. Menciona o perigo que os quenianos enfrentam, mas deixou palavras de esperança: “Os terroristas que tentam semear o caos devem ser travados recorrendo à força. E devem ser confrontados com um compromisso forte de defender o Estado de direito e o respeito dos direitos humanos e de tratar todos os que são pacíficos e cumpridores da lei de forma justa e igual.”

Perante uma multidão de cerca de 5 mil pessoas disse ainda que o Quénia não deve discriminar as mulheres, deve combater a corrupção e abraçar a diversidade – numa clara referência aos direitos dos homossexuais. Depois do Quénia, Barack Obama segue para a Etiópia, para continuar este estreitar de laços com as nações africanas.