EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Pequim 2022: Falta de neve não é problema para a candidatura olímpica.

Pequim 2022: Falta de neve não é problema para a candidatura olímpica.
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A capital chinesa concorre contra a candidatura de Almaty (Cazaquistão).

PUBLICIDADE

Mesmo com pouca neve, Pequim acredita na aposta de organizar os Jogos Olímpicos de Inverno de 2022.

A delegação chinesa apresentou o projeto em Kuala Lumpur, na Malásia, onde o Comité Olímpico Internacional vai anunciar a cidade vencedora no dia 31.

Os representantes da delegação chinesa dizem que a falta de neve é resolvida com a produção artificial e que esse problema também afeta antigas sedes: “Acontece em todo o mundo. Também nos Alpes ou em Whistler, no Canadá, pode não haver neve nessa altura. O importante é que temos boas reservas de água, o que significa uma boa capacidade de produção de neve artificial”, diz Lim Chee Wah, presidente da estância de esqui de Genting, um dos locais que vão acolher provas, caso Pequim seja eleita.

A capital chinesa concorre contra a candidatura de Almaty, no Cazaquistão. Se vencer, será a primeira cidade a acolher tanto os Jogos de Inverno como os de Verão, que organizou em 2008.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Patinadora russa Kamila Valieva suspensa quatro anos por doping

Atletas russos nas competições internacionais: regras e exceções

COI defende participação de atletas russos e bielorrussos nas competições