Última hora
This content is not available in your region

Iraque: Estado Islâmico usa armas químicas contra combatentes curdos

Iraque: Estado Islâmico usa armas químicas contra combatentes curdos
Tamanho do texto Aa Aa

O autoproclamado Estado Islâmico atacou os combatentes curdos do norte do Iraque com armas químicas. A informação foi confirmada pelo ministério alemão da Defesa. De acordo com as informações reveladas pelos media germânicos, seis dezenas de peshmergas ficaram feridos na sequência de um ataque com gás de cloro em Machmur, a cerca de 60 quilómetros de Erbil.

O exército alemão teve conhecimento deste ataque porque tem 88 soldados na cidade de Erbil, para formar os combatentes curdos na utilização de armas germânicas. De acordo com o ministério dirigido por Ursula Von der Leyen, nenhum soldado alemão foi afetado por este ataque. Os Estados Unidos vão enviar para o local um destacamento de peritos para analisar a zona.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.