Estados Unidos confirmam morte de "número dois" do autodenominado Estado Islâmico

Estados Unidos confirmam morte de "número dois" do autodenominado Estado Islâmico
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Casa Branca confirmou esta sexta-feira a morte do “número dois” do grupo autodenominado Estado Islâmico. Fadhil Ahmad al-Hayali, também conhecido

PUBLICIDADE

A Casa Branca confirmou esta sexta-feira a morte do “número dois” do grupo autodenominado Estado Islâmico. Fadhil Ahmad al-Hayali, também conhecido como Hajji Mutazz, foi uma figura de proa do coletivo, mas não resistiu a um ataque aéreo das forças norte-americanas no Iraque e perdeu a vida na última terça-feira, 18 de agosto.

Foi atingido quando viajava num veículo perto de Mosul.

De acordo com o Governo dos Estados Unidos, além do “número dois” do autodenominado Estado Islâmico também morreu Abu Abdullah, que operava no setor dos meios de comunicação social do grupo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mãe de Alexei Navalny pede à justiça entrega do corpo

Russos continuam a homenagear Navalny apesar do risco de detenção. Mais de 400 já foram presos

Quem era Alexei Navalny? E como é que ele se tornou o mais feroz opositor de Putin?