Última hora
This content is not available in your region

Tsipras não desiste da governação

Tsipras não desiste da governação
Tamanho do texto Aa Aa

Alexis Tsipras não desiste da governação. O ex-primeiro ministro grego pediu este sábado aos apoiantes do seu partido um novo mandato que lhe permita completar a transformação política do país.

As sondagens dão ao Syriza uma vantagem mínima sobre o Nova Democracia, nas eleições antecipadas de 20 de setembro, depois de, em maio, o partido ter registado uma vantagem de 15,2% sobre os conservadores.

O líder do Syriza não se deixa, porém, desencorajar.

“Hoje, com mais experiência e maturidade, munidos de um plano para quatro anos, um plano que assenta na realidade e nas necessidades reais, estamos comprometidos a lutar pelas reformas de que o país necessita”, disse o ex-primeiro ministro.

Na primeira entrevista desde que pediu a demissão do seu executivo, Tsipras disse à rede de televisão grega Alpha que ainda não teve oportunidade de governar, confrontado com as difíceis e prolongadas negociações com a troika e com a “asfixia económica” imposta à Grécia.

De acordo com uma sondagem recente, 68,6% dos inquiridos desaprovam a decisão de Tsipras de renunciar ao cargo.

“As sondagens dão ao Syriza um primeiro lugar, mas não uma maioria absoluta e Tsipras só aceita como parceiro num governo de coligação o partido Gregos Independentes”, lembra a correspondente da euronews em Atenas, Efi Koutsokosta.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.