Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Preço do petróleo novamente em queda

Preço do petróleo novamente em queda
Tamanho do texto Aa Aa

A cotação do petróleo voltou a recuar esta terça-feira, depois de uma subida de 27 por cento em três sessões. A descida registada esta terça-feira pode explicar-se pelos receios de uma queda da procura, em particular devido à travagem da economia chinesa, e por uma oferta abundante, uma vez que os países da OPEP não chegam a acordo para uma redução da produção, nem entre si, nem com outros países exportadores de petróleo. O analista Michael Hewson, da CMC Markets, considera que um entendimento para reduzir a produção não se vislumbra num futuro próximo.

Os consumidores agradecem a falta de acordo entre os países produtores de crude. Os preços dos combustíveis iniciaram a semana a descer, por toda a Europa, embora o recuo do preço nas bombas não reflita a queda das cotações. Ainda assim, já é possível pagar o litro de gasóleo a menos de um euro em Portugal, nomeadamente em Arganil.

Perante a descida generalizada do preço do petróleo, os intermediários estão a armazenar o crude à espera de melhores dias para o revenderem. Mas os entrepostos logísticos estão perto de atingirem o máximo da sua capacidade, em particular em zonas estratégicas como as Caraíbas.