EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Itália: detenção de passadores de clandestinos

Itália: detenção de passadores de clandestinos
Direitos de autor 
De  Nelson Pereira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

No porto italiano de Messina, foram detidos dois traficantes envolvidos na rede que organizou o transporte de 835 clandestinos que chegaram a Itália

PUBLICIDADE

No porto italiano de Messina, foram detidos dois traficantes envolvidos na rede que organizou o transporte de 835 clandestinos que chegaram a Itália esta quinta-feira.

A maior parte destas pessoas, entre eles muitas mulheres e crianças, vieram da Eritreia. Os passadores são um tunisino e um líbio.

Entretanto, cerca de uma centena de migrantes de várias nacionalidades foram detidos num porto líbio, a 50 km de Tripoli.

Estas pessoas, que se preparavam para fazer uma travessia perigosa do Mediterrâneo, estão detidas para identificação, segundo as autoridades líbias.

O ministro da Justiça líbio lançou um apelo à organização urgente de uma cimeira internacional sobre a crise migratória:

“Apelamos à organização de uma conferência regional no fim do mês de setembro, para resolver esta crise e parar esta tragédia – com a participação de todas as nações de destino, incluindo a União Europeia, e todas as nações de onde partem estes migrantes”, disse Mustafa al-Kulaib.

A instabilidade política na Líbia fez do país uma das principais rotas do tráfico de clandestinos. As redes de passadores trazem sírios através do Egipto e cidadãos de países ad África-subsaariana através do Sudão, Niger e Tchad.

Segundo as organizações humanitárias, os migrantes pagam milhares de dólares pela passagem terrestre e marítima, por vezes agredidos e torturados pelos passadores que lhes exigem mais dinheiro pela etapa final em embarcações precárias.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Áustria anuncia novo pacote de obrigações para requerentes de asilo

Requerentes de asilo: a República de Chipre numa encruzilhada

Dois soldados israelitas mortos em ataque do Hamas na Faixa de Gaza