EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Edward Snowden "recebe" prémio à distância

Edward Snowden "recebe" prémio à distância
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira com AFP
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O prémio norueguês da Liberdade de Expressão foi entregue a uma cadeira vazia.

PUBLICIDADE

O prémio da Academia Norueguesa de Literatura e Liberdade de expressão foi entregue a uma cadeira vazia: A de Edward Snowden.

O governo de Oslo não pôde garantir que o antigo analista dos serviços secretos americanos poderia vir à Noruega sem correr o risco de extradição para os Estados Unidos.

USA continued to pressure Norway on Snowden, kept secret http://t.co/fSVof32apq@guardian@nytimes@Independent#democracy#transparency

— Olaf Foss (@OlafFoss) August 28, 2015

“Disse que estava a considerar uma ação legal na Noruega para poder garantir a sua segurança e para que possa vir receber o prémio para o ano. Edward Snowden, somos muitos a lutar para que isso se torne realidade. Parabéns pelo prémio Bjørnson deste ano”, disse a presidente da Academia, Hege Newth Nouri.

“Falamos sobre liberdade de expressão e ficamos a pensar no que isso significa, à luz das revelações sobre vigilância em massa que foram feitas nos últimos anos. É mais do que sobre vigilância, é sobre democracia, é sobre a relação entre governantes e governados”, disse Snowden no discurso de aceitação, feito a partir da Rússia, onde permanece fugido ao mandado de prisão das autoridades americanas, que o acusam de espionagem.

==

Empty Chair with Edward Snowden's Freedom of Expression Award given today in Norway.

#snowden#privacypic.twitter.com/GiKZIXB1as

— Help Edward Snowden (@HelpSnowden) September 5, 2015

== ==

VIDEO: Edward Snowden Accepts Norway Prize for Freedom of Expression

#snowden#privacy
https://t.co/Sx99ULLeR2

— Help Edward Snowden (@HelpSnowden) September 5, 2015

== Snowden saltou para as primeiras páginas há dois anos, quando revelou documentos que provam esquemas de espionagem em massa levados a cabo pela NSA, em colaboração com grandes grupos informáticos e de telecomunicações.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

O momento em que Assange reencontra a mulher depois de sair do tribunal como um "homem livre"

Julian Assange declarado "homem livre" por tribunal norte-americano das Ilhas Marianas

Jornalista norte-americano vai a julgamento por espionagem na Rússia