A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Espanha: Maré humana pela independência da Catalunha

Espanha: Maré humana pela independência da Catalunha
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Uma maré humana invadiu as ruas de Barcelona numa manifestação pacífica pela independência da Catalunha.

De acordo com a polícia municipal, 1 milhão e meio de pessoas participaram na marcha de cinco quilómetros em direção à sede do governo catalão.

O número de manifestantes não foi confirmado por qualquer fonte independente.

O evento desenrolou-se no dia nacional catalão e no arranque da campanha para as eleições autonómicas da região no dia 27.

“O que nós queremos é que o mundo escute de uma forma muito clara qual é a vontade do povo da Catalunha e que respeite também o mandato democrático, se essa for a vontade do povo”, diz um homem.

Os partidos que se opõem a independência criticaram a manifestação. Consideraram-na como um ato eleitoral do presidente Artur Mas.

Alguns apoiantes da plataforma “Juntos pelo sim” também não estiveram totalmente satisfeitos.

“A realização desta manifestação no início da campanha para a reeleição de Artur Mas está a deixar pouco confortáveis muitas pessoas que lutaram pelos direitos sociais e nacionais da Catalunha, diz outro defensor da independência.

A correspondente da Euronews em Madrid, Cristina Giner, explica que se “prevê uma campanha eleitoral catalã intensa. O escrutínio tem um grande interesse estratégico para os principais partidos nacionalistas. Por um lado vão medir a forças para o processo independentista, por outro, vão servir de termómetro para as eleições gerais de 20 de dezembro”.