Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Alemanha: Marchar pelo Pegida e contra os refugiados

Alemanha: Marchar pelo Pegida e contra os refugiados
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de manifestantes do grupo islamofóbico e anti-imigração PEGIDA marcharam em protesto na cidade alemã de Dresden contra os planos da chanceler Angela Merkel para receber mais refugiados.

Com a crise dos migrantes, o PEGIDA, que significa Europeus Patriotas contra a Islamização do Ocidente, exige o encerramento das fronteiras da Alemanha.

“Estou convencido que as políticas da senhora Merkel são contra o interesse nacional. E estou muito perturbado, é quase traição. Ele esqueceu o juramento que fez quando tomou posse!”, afirmou um manifestante.

Mas a cidade também assistiu a uma contramanifestação de pessoas que aceitam e querem ajudar os refugiados.

“Eu sei qual é a situação dos refugiados. Eu sei porque aqui estão, conheço alguns. Eu também fugiria se uma guerra rebentasse aqui. É por isso que eu não consigo perceber a intolerância desta gente. Aqui estamos no conforto”, afirma um rapaz.

Quando se esperam na Alemanha um milhão de pedidos de asilo este ano, a popularidade da chanceler alemã cai e o grupo islamofóbico PEGIDA ganha destaque.