Polícia australiana detém jovens que estarão ligados ao homicidio de um funcionário de uma esquadra

Polícia australiana detém jovens que estarão ligados ao homicidio de um funcionário de uma esquadra
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A polícia australiana deteve, esta quarta-feira, pelo menos quatro jovens, com idades entre os 16 e os 22 anos, que terão, alegadamente, ligações ao

PUBLICIDADE

A polícia australiana deteve, esta quarta-feira, pelo menos quatro jovens, com idades entre os 16 e os 22 anos, que terão, alegadamente, ligações ao assassinato de um funcionário civil de uma esquadra. O homicida, de 15 anos, tinha sido abatido pelos efetivos policiais.

As autoridades acreditam que o jovem iraniano teria motivações ligadas, de alguma forma, ao terrorismo, como explica Catherine Burn, vice-comissária da polícia de Nova Gales do Sul:

“Estamos a investigar uma ofensa terrorista, suspeitamos que foram motivações, de ordem religiosa ou política, que levaram o jovem a cometer este horrendo ato de violência.”

Curtis Cheng, que trabalhava na área de contabilidade e finanças, foi baleado, mortalmente, quando saía do seu local de trabalho.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

501 caixões e 200 sacos com cadáveres encontrados abandonados na Argentina

Desmantelado o maior grupo de "ransomware" do mundo

Ministério Público recebe comunicação da PSP sobre protesto no Capitólio