EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Liga dos Campeões: FC Porto quanto baste em noite histórica no Dragão

Liga dos Campeões: FC Porto quanto baste em noite histórica no Dragão
Direitos de autor 
De  Bruno Sousa
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Vincent Aboubakar e Yacine Brahimi foram os marcadores de serviço na vitória do FC Porto frente ao Maccabi de Tel-Aviv mas o nome que ficará nos

PUBLICIDADE

Vincent Aboubakar e Yacine Brahimi foram os marcadores de serviço na vitória do FC Porto frente ao Maccabi de Tel-Aviv mas o nome que ficará nos livros de história é o de Rúben Neves.

Aos 18 anos e 221 dias de idade, o médio tornou-se no mais jovem capitão de equipa na principal competição do futebol europeu, superando o recorde de Rafael van der Vaart, no Ajax.

Iker Casillas, por sua vez, não teve muito trabalho mas também alcançou mais um recorde para o seu longo palmarés. O espanhol somou o 51º encontro sem sofrer golos na Liga dos Campeões, superando a marca de Edwin van der Sar.

Great scenes for FCPorto</a> fans... <a href="https://twitter.com/hashtag/UCL?src=hash">#UCL</a> <a href="https://t.co/2PTk3bo6Yh">pic.twitter.com/2PTk3bo6Yh</a></p>&mdash; Champions League (ChampionsLeague) 20 outubro 2015

Apontamentos históricos à parte, o encontro valeu sobretudo pelo período de quatro minutos (entre os 37 e os 41) em que a equipa portuguesa fez os dois golos. O Porto jogou quanto baste e o seu triunfo nunca esteve em causa.

Com os três pontos conquistados os portistas isolaram-se na liderança do grupo G, uma vez que o Dynamo Kiev não foi além de um nulo na receção ao Chelsea.

Here's are the Group E, F, G, H standings after MatchDay 3. #UCLpic.twitter.com/TzXJfqF6rU

— EssentiallySports (@sports_ess) 20 outubro 2015

Noite louca em Leverkusen

Nos restantes encontros da noite, o grande destaque vai para o duelo de Leverkusen entre Bayer e Roma. A equipa da casa entrou a todo o gás e aos 20 minutos de jogo vencia por 2-0. A Roma deu a volta ao marcador e a 17 minutos dos noventa vencia por 4-2 mas os alemães ainda encontraram forças para reagir e garantiram um empate a quatro.

O Olympiacos de Marco Silva continua em grande e foi a Zagreb vencer pela margem mínima, Danny fechou a contagem na vitória do Zenit frente ao Lyon e João Cancelo voltou a brilhar no triunfo sofrido do Valência frente ao Gent.

A memorable night of #UCL football… pic.twitter.com/RCSNrywfvZ

— Champions League (@ChampionsLeague) 20 outubro 2015

Partilhe esta notíciaComentários