Um passaporte russo para o boxista americano

Um passaporte russo para o boxista americano
De  Nelson Pereira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O boxista Roy Jones Jr. já tem recebeu um passaporte russo. O ex-campeão mundial dos meio-pesados, médios e super-médios, recebeu esta terça-feira o

PUBLICIDADE

O boxista Roy Jones Jr. já tem recebeu um passaporte russo.

O ex-campeão mundial dos meio-pesados, médios e super-médios, recebeu esta terça-feira o passaporte russo, depois de ter pedido a cidadania ao presidente Vladimir Putin.

Assim que lhe foi entregue o documento, em Moscovo, Roy Jones disse estar muito feliz:

“Sou russo”, disse em russo Jones, acrescentando, comovido, “Sinto-me muito abençoado. O mundo está a mudar e sinto que Deus está a usar-me como instrumento para mudar o mundo”.

O boxista de 46 anos pediu a cidadania ao presidente russo, em agosto, durante um encontro com Putin na Crimeia, explicando que lhe é necessário para negócios.

Roy Jones anunciou estar a estudar a língua russa e revelou a intenção de trazer a família para morar com ele em Moscovo.

O norte-americano, detentor de 62 vitórias, 45 das quais por nocaute, em 70 lutas, subirá dia 12 de dezembro ao ringue em Moscovo com as cores da Federação Russa, contra Denis Lebedev, pelo título dos super-pesados da Associação Mundial de Boxe.

Além de campeão mundial em 14 oportunidades ao longo da carreira, o boxista foi também medalhista olímpico, conseguindo a prata na categoria médio-ligeiro nos Jogos de Seul, em 1988.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ucrânia responde à UEFA com boicote às provas juvenis

Ucraniana desclassificada por não cumprimentar adversária russa no Mundial de Esgrima

Atletas russos nas competições internacionais: regras e exceções