Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Turquia: AKP de Erdogan reconquista maioria absoluta

Turquia: AKP de Erdogan reconquista maioria absoluta
Tamanho do texto Aa Aa

Ao contrário do que apontavam as previsões, o Partido da Justiça e do Desenvolvimento (AKP), do presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, recuperou a maioria absoluta que tinha perdido nas legislativas de junho. O partido pró-curdo HDP conseguiu passar a barreira dos 10% e mantém-se no Parlamento.

Em Ancara, um mar de gente aguardou, em festa, a chegada do primeiro-ministro para o discurso da vitória. Ahmet Davutoglu afirmou que “o atual sistema não responde às necessidades da Turquia. É evidente que esta ‘camisa’ é muito apertada para o país. Temos de nos distanciar de uma constituição pós-golpe e trabalhar em conjunto numa constituição civil e liberal”.

É um dia de vitória para a democracia”, comentou antes o primeiro-ministro, perante milhares de apoiantes do AKP, em Konya.

Contados mais de 99% dos votos das legislativas antecipadas deste domingo, o AKP seguia na frente com 49,4%. O Partido Republicano do Povo (CHP), principal força da oposição, somava 25,4%. O Partido de Ação Nacionalista (MHP), de Devlet Bahçeli, tinha 11,9%. Como esperado, o Partido Democrático dos Povos (HDP)conseguiu ultrapassar a barreira dos 10% para entrar no Parlamento. A formação pró-curda, de Selahattin Demirtas, contava com 10,7% dos sufrágios.

Com estes resultados, o AKP chega à maioria absoluta (276), ficando com 316 dos 550 deputados do Parlamento. O CHP elege 134. O MHP fica com 41 mandatos e o HDP forma um grupo com 59 deputados.

O HDP reconheceu que os resultados eleitorais foram “dececionantes”, mas que são o “resultado de uma política deliberada de polarização da parte do presidente” Erdogan.

Segundo o correspondente da euronews na Turquia, Bora Bayraktar, “ao contrário do que aconteceu há cinco meses, quando o AKP perdeu a maioria absoluta, a noite foi desta vez de festa em Ancara. Milhares juntaram-se para celebrar o quarto mandato consecutivo para o AKP”.

A revista The Economist analisa as implicações da maioria absoluta do AKP: