EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Portugal: governo com queda anunciada para esta terça-feira

Portugal: governo com queda anunciada para esta terça-feira
Direitos de autor 
De  Rodrigo Barbosa
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Em Portugal, o Parlamento continuará esta terça-feira a debater o programa do governo PSD/CDS, mas a esquerda já prometeu chumbá-lo e forçar a queda

PUBLICIDADE

Em Portugal, o Parlamento continuará esta terça-feira a debater o programa do governo PSD/CDS, mas a esquerda já prometeu chumbá-lo e forçar a queda do executivo.

O primeiro-ministro Pedro Passos Coelho denunciou o acordo anunciado dos partidos de esquerda para formar uma coligação com capacidade para governar:

“Não ignoro que o começo desta nova legislatura está marcado por decisões que rompem com algumas convenções parlamentares destes 40 anos de democracia. E não escondo, na minha condição de cidadão, a apreensão com que olho para as promessas de novas convenções que alguns partidos querem trazer para este mandato.”

O dia ficou também marcado pelo silêncio do líder socialista, António Costa. A porta-voz do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, fez referência a um debate desnecessário:

“Senhor primeiro-ministro, nós hoje temos, de facto, um debate estranho, porque estamos a debater um programa de governo que, antes de o ser, já não era. A rejeição está anunciada e o senhor primeiro-ministro, em breve, já não o será.”

A aliança entre o PS, o Bloco de Esquerda, os comunistas e os verdes significa, de facto, que qualquer moção de rejeição do programa será aprovada e que o atual governo está condenado a ser o mais efémero da história de Portugal.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Portugal: Descubra os documentos dos acordos à esquerda

Portugal: 50 anos depois da revolução dos cravos

Quem são os novos ministros do Governo de Luís Montenegro