Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Os vencedores dos Emmy Internacionais

Os vencedores dos Emmy Internacionais
Tamanho do texto Aa Aa

A última edição dos Emmy internacionais teve lugar esta segunda-feira em Nova Iorque. A produção francesa “Engrenages” venceu o Emmy para melhor série dramática.

Em Portugal, a obra chama-se “crime e castigo”, passa na RTP2 e retrata as relações entre o poder judicial, o poder executivo e o mundo dos negócios.

“Mais do que nunca, estou orgulhosa por escrever sobre o trabalho da polícia. Quero dizer obrigada à polícia depois do que aconteceu na semana passada, em Paris”, disse Anne Landois, produtora executiva da série.

A obra francesa “Illustre & Inconnu: comment Jacques Jaujard a sauvé le Louvre” ganhou o Emmy Internacional para melhor filme de arte. A obra conta a vida do diretor do museu do Louvre durante a ocupação nazi.

“Soldat Blanc” venceu o prémio para melhor mini-série de televisão. A obra francesa retrata a amizade entre dois soldados, em 1945, na Indochina.

O ator holandês Maarten Heijmams foi distinguido pelo papel na minisérie “Ramses”. A série segue a carreira de Shaffy, cantor holandês de origem francesa que se tornou célebre.

A atriz norueguesa Anneke von der Lippe venceu o Emmy Internacional na categoria interpretação feminina, pelo papel em “Eyewitness”. A série norueguesa retrata o período que se segue a um tiroteio que matou várias pessoas.

A série brasileira “Doce de Mãe” ganhou o Emmy para melhor série de comédia. Fernanda Montenegro incarna a personagem principal, a caricata dona Picucha.

A telenovela “Império” foi outra das produções recompensadas com um Emmy.