EUA: explosivos e munições encontrados na casa de suspeitos de tiroteio em São Bernardino

EUA: explosivos e munições encontrados na casa de suspeitos de tiroteio em São Bernardino
De  Rodrigo Barbosa com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Foi descoberto um enorme arsenal na residência do casal que matou a tiro 14 pessoas em São Bernardino, na Califórnia. Segundo o chefe da polícia

PUBLICIDADE

Foi descoberto um enorme arsenal na residência do casal que matou a tiro 14 pessoas em São Bernardino, na Califórnia. Segundo o chefe da polícia local, os suspeitos – identificados como Syed Farook, norte-americano de origem paquistanesa, e a mulher, Tashfeen Malik – parecem ter premeditado a matança. As autoridades continuam, no entanto, sem avançar especulações quanto aos motivos.

O presidente norte-americano, Barack Obama, disse que “é possível que esteja relacionado com terrorismo, mas também é possível que tenha tido origem num incidente de trabalho”. Obama frisou que os Estados Unidos “precisam de fazer uma introspecção, como sociedade, para garantir que são dados passos básicos para tornar, senão impossível, pelo menos mais difícil para um indivíduo obter acesso a armas”.

Farook terá estado envolvido numa disputa com colegas no centro social, onde voltaria, com a mulher, para protagonizar o tiroteiro mais mortífero dos últimos 3 anos nos Estados Unidos. Na residência do casal foram encontrados doze engenhos explosivos e cinco mil cartuchos de armas automáticas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Identificados os dois suspeitos do tiroteio na Califórnia

Califórnia: Investigação sobre eventual bomba depois de suspeitos de massacre abatidos

Processo de António Costa desce do Supremo para o DCIAP