EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

China acusa os Estados Unidos de provocação

China acusa os Estados Unidos de provocação
Direitos de autor 
De  Nelson Pereira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A China acusou os Estados Unidos de provocação, depois de um bombardeiro norte-americano B-52 ter sobrevoado na semana passada a zona no Mar do Sul

PUBLICIDADE

A China acusou os Estados Unidos de provocação, depois de um bombardeiro norte-americano B-52 ter sobrevoado na semana passada a zona no Mar do Sul da China onde Pequim está a construir ilhas artificiais.

Um comunicado publicado este sãbado pelo ministério da Defesa chinês exige que os Estados Unidos respeitem a soberania da China.

A China tem transformado os recifes do arquipélago Spratly em ilhas artificiais, construindo ali campos de aviação e outras infraestruturas, numa zona que é reivindicada pelas Filipinas, Taiwan e o Vietname.

A estratégia de Pequim está a criar um conflito territorial na região. Está em questão a apropriação de território que não pertence à China, mas também o impacto ambiental.

Em outubro, um barco da marinha norte-americana entrou no perímetro de 12 milhas náuticas em redor destas ilhas artificiais, tendo provocado um protesto vigoroso de Pequim.

Têm-se registado nas águas do Mar do Sul da China vários incidentes, como este entre uma embarcação de patrulha chinesa e um barco de pescadores vietnamita. A zona situa-se numa das principais rotas comerciais do mundo, rica em recursos naturais.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Comprar peças originais sem ir à falência: bem-vindos à feira de arte acessível de Hong Kong

Putin enaltece comércio bilateral no último dia da sua visita à China

Xi Jinping promete a Putin continuar a consolidar "amizade de boa vizinhança"