EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Avó reencontra neta sequestrada há 39 anos durante a ditadura militar

Avó reencontra neta sequestrada há 39 anos durante a ditadura militar
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Ao fim de 39 anos de busca incessante, Maria Mariani, conseguiu finalmente reencontrar a neta. Clara Anahí foi sequestrada em novembro de 1976

PUBLICIDADE

Ao fim de 39 anos de busca incessante, Maria Mariani, conseguiu finalmente reencontrar a neta.

Clara Anahí foi sequestrada em novembro de 1976 durante a ditadura militar na Argentina. Tinha apenas 3 meses.

Todos os anos, durante mais de três décadas, a fotografia de Clara em bebé e as cartas que a avó lhe escrevia correram o mundo. Em março, dizia: “O meu sonho, aos 91 anos, é abraçar-te e reconhecer-me nos teus olhos”.

Clara Anahí soma-se às mais de cem crianças encontradas pela família. O anúncio foi feito na quinta-feira pela Fundação Anahí. criada por Maria Mariani, em 1989, depois de ter deixado a Associação Avós da Praça de Maio. Associação que ganhou o Prémio Sakharov para a Liberdade de Pensamento em 1992.

De acordo com a Fundação, as análises genéticas confirmam 99,9% de grau de parentesco entre Clara e Maria.

Después de tanto tiempo Chicha merecía abrazar a Clara Anahí #Nieta120pic.twitter.com/6RaFND9VLM

— Victoria Donda Perez (@vikidonda) 24 dezembro 2015

As Avós da Praça de Maio estimam que 500 bebés, filhos de opositores políticos, tenham sido raptados e adoptados por representantes do regime militar.

Partilhe esta notíciaComentários