EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Polo Norte com inverno suave

Polo Norte com inverno suave
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

No Polo Norte o sol não se mostra desde setembro, mas regista-se uma variação de cerca de 30 graus Celsius acima do que pode ser considerada a

PUBLICIDADE

No Polo Norte o sol não se mostra desde setembro, mas regista-se uma variação de cerca de 30 graus Celsius acima do que pode ser considerada a temperatura média nesta altura do ano. A rondar os zero graus, o risco de degelo existe devido a uma baixa pressão que envia ar quente a partir do sul.

A NASA refere que os efeitos do fenómeno meteorológico El Niño que se verificam agora podem ser tão prejudiciais como os registados no ano de 1998, o pior até agora.

O fenómeno climático é global. No instituto dinamarquês Niels Bohr, onde se estudam os núcleos de gelo e as mudanças climáticas do Ártico, a investigação confirma que o aumento de temperatura faz com que o derretimento seja quase inevitável.

“Quando está quente à superfície e se produz água, voltando a congelar depois, então a camada toda aqueceu e isso impede-a de ser tão consistente durante o inverno, mesmo que arrefeça novamente. Assim, vai aquecer ainda mais, e haverá menos gelo no ano seguinte”, diz a investigadora Dorthe Dahl-Jensen.

Recorde-se que a Organização Mundial de Meteorologia já anunciou que o ano de 2015 pode ter estabelecido o recorde do ano mais quente de que há registo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

El Niño: cheias na América deixam milhares desalojados

Europa atingida por inundações no Norte e ondas de calor no Sul

Galeria de fotos: Auroras boreais avistadas em Portugal e outros países