Reino Unido abre a porta a manipulações genéticas em embriões humanos

Reino Unido abre a porta a manipulações genéticas em embriões humanos
De  Euronews com Reuters; AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Reino Unido autorizou as manipulações genéticas em embriões humanos. Um grupo de cientistas britânicos recebeu luz verde da Autoridade de

PUBLICIDADE

O Reino Unido autorizou as manipulações genéticas em embriões humanos.

Um grupo de cientistas britânicos recebeu luz verde da Autoridade de Embriologia e Fertilização Humana para incluir a técnica numa investigação que pretende determinar por que razão ocorrem os abortos.

A implantação de embriões modificados continua, no entanto, a ser proibida.

A investigação decorre no Instituto Francis Crick de Londres. A manipulação do primeiro embrião humano pode acontecer já em março.

Os mais críticos temem que esta autorização abra a porta à conceção de seres humanos modificados geneticamente.

Em 2015, a China tornou-se o primeiro país a anunciar que tinha manipulado um embrião humano

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Notas com cara de Carlos III entram em circulação em junho

As Falklands pertencem ao Reino Unido? Nova sondagem revela que nem toda a gente na Europa está de acordo

Julian Assange inicia última batalha legal no Reino Unido para evitar a extradição para os EUA