Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Síria: países doadores reúnem-se em Londres

Síria: países doadores reúnem-se em Londres
Tamanho do texto Aa Aa

Apesar da suspensão das negociações de paz sobre a Síria, líderes mundiais reuniram-se em Londres numa conferência de doadores com o objetivo de recolher fundos para fazer face a uma das piores crises humanitárias do planeta.

As agências da ONU pediram perto de 9 mil milhões de dólares. A Alemanha e a Noruega, anfitriãs do encontro juntamente com o Reino Unido lideraram as doações, com os três países a prometer, em conjunto, perto de quatro mil e setecentos milhões de dólares.

Também marcam presença 90 ONGs, incluindo a fundação criada pela Nobel da Paz, Malala Yousafzai, que lembrou que toda uma geração na Síria está a ser privada de educação e de perspetivas de futuro.

Malala fez questão de apresentar uma outra ativista pela educação, a síria de 17 anos, Muzoon Almellehan, ela própria uma refugiada, que teve a oportunidade de se dirigir aos líderes presentes na conferência.

A jovem afirmou que “um dia, quando for jornalista, há uma história que gostaria de escrever, acerca da forma como as crianças sírias regressaram a casa, para reconstruir o seu país”. Almellehan disse ter “esperança de que essa história comece hoje”.

Segundo os números das Nações Unidas, há atualmente 6 milhões de deslocados no interior da Síria e outros 4 milhões de refugiados noutros países.