EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Dinamarca prolonga controlo fronteiriço com a Alemanha

Dinamarca prolonga controlo fronteiriço com a Alemanha
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Dinamarca vai manter até dia 4 de março os controlos fronteiriços com a Alemanha. O controlo de fronteira é uma excepção no acordo de Schengen e

PUBLICIDADE

A Dinamarca vai manter até dia 4 de março os controlos fronteiriços com a Alemanha.

O controlo de fronteira é uma excepção no acordo de Schengen e foi introduzido no início do ano. Visa refrear a solicitação de asilo por parte dos migrantes que continuam, através da entrada pela Grécia, a dirigir-se para a Europa do Norte.

The #Schengen Rules Explained: https://t.co/iXavD2a6h3#RefugeeCrisis#migrationEU#migration#eucopic.twitter.com/BHUckjfw1a

— European Commission (@EU_Commission) February 10, 2016

Em Berlim, o ministro alemão do interior, Thomas de Maizière, e o homólogo sueco, Morgan Johansson, trocaram ideias sobre a crise de refugiados.

No final, Maizière afirmou-se agradado com a proposta de Bruxelas: “Até agora, o sistemático controlo das fronteiras Schengen estava proibido. Se se quisesse fazer isso, era necessário um processo especial de consulta. A proposta da Comissão Europeia face ao terrorismo sugere que estes controlos sistemáticos devem tornar-se uma regra e que se podem fazer excepções em certos casos. Isto é um ponto importante e nós apoiamo-lo.”

A Comissão Europeia sugere que esta alteração vigore durante os próximos dois anos.

Um estudo mostra que o colapso da zona Schengen pode custar mais de um trilhão de euros à União Europeia nos próximos dez anos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Tusk nomeia comissão para investigar influência russa e bielorrussa após detenções de espiões

Polónia investe 2,2 mil milhões de euros no reforço da sua fronteira com a Rússia

Primeiro-ministro polaco promete reforçar a segurança na fronteira com a Bielorrússia