África do Sul: Zuma condena violência em universidades

África do Sul: Zuma condena violência em universidades
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O presidente sul-africano Jacob Zuma condenou os incidentes desta semana em várias universidades do país que obrigaram ao encerramento de alguns

PUBLICIDADE

O presidente sul-africano Jacob Zuma condenou os incidentes desta semana em várias universidades do país que obrigaram ao encerramento de alguns estabelecimentos de ensino.

Pelo menos quatro universidades – Free State, Pretória, Cape Town e Noroeste – foram palco de distúrbios relacionados com propinas, política estudantil e questões raciais.

Num caso, na Universidade do Noroeste, várias instalações foram incendiadas, tendo provocado centenas de milhares de euros de prejuízo, por estudantes em cólera por causa da eleição de um conselho estudantil.

Na Universidade do Free State, em Bloemfontein, um jogo de râguebi foi interrompido por um protesto sobre emprego na universidade.

Sucederam-se cenas de pancadaria.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Autocarro cai de uma ponte na África do Sul e mata 45 pessoas

Oscar Pistorius libertado da prisão

Oscar Pistorius vai sair da prisão em liberdade condicional