EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Turquia: Grupo de extrema-esquerda reivindica atentado falhado contra polícia

Turquia: Grupo de extrema-esquerda reivindica atentado falhado contra polícia
Direitos de autor 
De  Dulce Dias com EFE, AFP, Reuters
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

As duas mulheres que atacaram um autocarro da polícia foram mortas. Pertenciam ao Partido da Frente Libertação Popular Revolucionária, um grupúsculo de extrema-esquerda, banido no país

PUBLICIDADE

Foi reivindicado por um grupo de extrema-esquerda, o atentado desta quinta-feira, na Turquia.

Duas mulheres armadas atacaram um autocarro da polícia, antes de abrirem fogo em frente à sede da polícia antimotim, num bairro de Istambul.

#Video: #Moment of #terrorist#attack in #Istanbul's #Bayrampaşahttps://t.co/iBga3OwI4Kpic.twitter.com/1qDYWEjxnL

— Yeni Şafak English (@yenisafakEN) March 3, 2016

As duas atacantes, identificadas como Çiğdem Yakşi e Berna Yılmaz, acabaram por morrer, depois de a polícia ter levado a cabo uma operação contra o imóvel onde as mulheres se barricaram. Dois polícias ficaram feridos no assalto.

A Turquia vive em estado de alerta, vítima de vários atentados. Há duas semanas, uma explosão visando autocarros militares matou 28 pessoas e feriu 61, no centro de Ancara. O ato foi reivindicado por ativistas curdos.

O ataque desta quinta-feira ocorreu bairro de Bayrampaşa, em Istambul, e foi reivindicado pelo Partido da Frente Libertação Popular Revolucionária, um grupúsculo de extrema-esquerda, banido no país

Desde 1970 que o grupo comete atentados contra o capitalismo, os interesses americanos e as autoridades turcas, incluindo a própria polícia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Confrontos entre manifestantes pró-curdos e polícia turca em Diyarbakir

Presidente turco diz não respeitar Tribunal Constitucional na libertação de dois jornalistas

Turquia: Habitantes regressam à povoação devastada de Cizre