EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Crise migratória domina cimeira UE-Turquia

Crise migratória domina cimeira UE-Turquia
Direitos de autor 
De  Marco Lemos com AFP, Reuters, Lusa, EFE
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Apoiar a Grécia e pedir mais ajuda de Ancara fazem parte da agenda da cimeira União Europeia - Turquia, que é dominada pela crise dos refugiados.

PUBLICIDADE

No dia em que um grupo de 64 refugiados aterrou em Portugal, proveniente da Grécia, União Europeia e Turquia acertam estratégias para fazer face a maior crise migratória das últimas décadas.

O primeiro-ministro português, António Costa, é um dos líderes presentes na cimeira União Europeia – Turquia:

Welcome Prime Minister Costa to #PESLeaders mtg. On the leaders' agenda today: #EU-#Turkey action plan on #refugeespic.twitter.com/1y8gFCIkPW

— PES (@PES_PSE) March 7, 2016

Nesta cimeira, a Europa pede mais ajuda da parte da Turquia, prepara-se para reforçar o apoio à Grécia, e anuncia que “o fluxo de migrantes irregulares ao longo dos Balcãs ocidentais chega ao fim”, referindo que “esta rota está, a partir de agora fechada”, segundo o projeto de declaração final a que a agência France-Press teve acesso.

Mas o clima é de crispação entre os 28 e a Turquia. “A liberdade de imprensa é um elemento inegociável da identidade europeia”, lançou o presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, numa clara alusão à repressão das vozes críticas do poder na imprensa turca.

Em causa nesta cimeira volta a estar o futuro de milhares de migrantes desesperados, mas também do Espaço Schengen de livre circulação na Europa.

Segundo a UE, mais 100 mil refugiados devem entrar na Grécia em março:

#EU estimates 100,000 #refugees will reach #Greece this month alone - as it shuts door on Greeks & refugees. https://t.co/vBiB9wWGkJ

— Jon Williams (@WilliamsJon) March 7, 2016

As consequências das “ações (e inações)” na gestão da crise migratória: um trabalho do The Economist:

#Syria, #Afghanistan, #Iraq top #refugees' asylum list: action - and inaction - has consequences (via @TheEconomist) pic.twitter.com/GXrNmH2P9Q

— Jon Williams (@WilliamsJon) March 7, 2016

A Amnistia Internacional apela à UE e à Turquia para não esquecerem os direitos dos refugiados:

EU leaders: don't wash your hands of #refugee rights in today's talks with Turkeyhttps://t.co/IDmZQVHYDJpic.twitter.com/RicVrl2kBa

— amnestypress (@amnestypress) March 7, 2016

O grupo dos Socialistas e Democratas (S&D) no Parlamento Europeu pede “ações urgentes para ajudar os refugiados” numa carta aberta publicada esta segunda-feira:

Today @TheProgressives call for urgent action to help refugees - read our open letter: https://t.co/9dwIJKHj2npic.twitter.com/nN3fhBYUL8

— Theresa Griffin MEP (@TheresaMEP) March 7, 2016

O Politico tem um LiveBlog dedicado à cimeira UE – Turquia:

Follow our live blog for the latest updates from the #EUCO! https://t.co/VfnBxrnPdNpic.twitter.com/k1p4qpiAGS

— POLITICO Europe (@POLITICOEurope) March 7, 2016

(Ao início da tarde (13h00 em Lisboa), a euronews transmite em direto a conferência de imprensa final da cimeira União Europeia-Turquia.)

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Síria: Oposição inclinada a participar nas negociações de paz

UE quer encerrar "rota dos Balcãs" a refugiados nos próximos dias

Os refugiados "são pessoas reais e estão a morrer ao fazer esta viagem"