A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Cuba detém 50 opositores no dia da visita de Obama

Cuba detém 50 opositores no dia da visita de Obama
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A visita do Presidente Obama fica marcada também pelas manifestações levadas a cabo por diferentes plataformas da oposição Cubana.
É o caso da marcha das Damas de Branco.

Horas antes de que o casal presidencial dos Estados Unidos aterrasse em Havana, a polícia Cubana prendeu cerca de 50 manifestantes.

Entre eles, destacadas figuras da oposição, como o grafiteiro El Sexto e António Gonzales Rodiles, um dos mais conhecidos ativistas sociais cubanos da atualidade.

Ao concluir a tradicional marcha pacífica, depois da missa na Igreja de Santa Rita, o grupo das Damas de Branco tentou caminhar por outras artérias da cidade, onde foram insultadas e intimidadas por grupos próximos do Governo cubano, que se encontravam à sua espera.

Confrontos que se repetem de forma regular desde há 46 semanas, ainda que, desta vez, com mais intensidade, a poucas horas da chegada de Barack Obama.