EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

A monumental solidariedade europeia após os atentados de Bruxelas

A monumental solidariedade europeia após os atentados de Bruxelas
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Depois das declarações políticas de solidariedade, vários monumentos europeus tingiram-se esta noite com as cores da bandeira belga, para homenagear

PUBLICIDADE

Depois das declarações políticas de solidariedade, vários monumentos europeus tingiram-se esta noite com as cores da bandeira belga, para homenagear as vítimas dos atentados de terça-feira.

Em Paris, quatro meses após os atentados de Novembro e face à solidariedade expressa pelo presidente François Hollande, a torre Eiffel foi um dos primeiros monumentos a iluminar-se com as cores da bandeira belga.

#Paris & #Bruxelles sont unies. La Tour Eiffel s'illumine aux couleurs de la Belgique. pic.twitter.com/Qj1LHbITRI

— Anne Hidalgo (@Anne_Hidalgo) March 22, 2016

Em Berlim, onde a Chanceler alemã Angela Merkel reafirmou a sua determinação em lutar contra os “inimigos da liberdade”, a porta de Brandeburgo iluminou-se igualmente com as cores nacionais belgas.

Berlin pays tribute to the victims of the attacks in #Brussels. pic.twitter.com/XQYH9nGD4f

— Jörgen Camrath (@uniwave) March 22, 2016

Em Roma, onde o primeiro-ministro Matteo Renzi apelou a uma política de segurança comum da União Europeia, foi a fonte de Trevi que recordou os atentados de Bruxelas em negro, amarelo e vermelho.

Fontana di Trevi. Rome remebers today's terrorist attack in #Bruxelles#Brusselspic.twitter.com/opDDB5SkGF

— Michele Terzi (@terzimichele) March 22, 2016

Na também “capital europeia”, o edifício da Comissão, a centenas de metros de um dos atentados de terça-feira, iluminou-se também com as cores da bandeira belga.

Un drapeau belge XXL sur le #Berlaymont, siège de l'Europe à #BXLhttps://t.co/n8DRAtIZj0#Bruxelles#Brusselspic.twitter.com/hi9ZpbnsvL

— Julien RENSONNET (@JulienRENSONNET) March 22, 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Detido novo suspeito do atentado em Bruxelas

Ministro da Justiça da Bélgica demite-se na sequência do ataque terrorista em Bruxelas

Governo belga confirma morte do terrorista que assassinou dois adeptos suecos