A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

EUA: Obama admite que ataques de drones provocaram vítimas civis

EUA: Obama admite que ataques de drones provocaram vítimas civis
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos lançaram um segundo ataque em menos de um mês contra posições da Al-Qaida na Somália. O Pentágono anunciou ter visado um alto responsável do grupo Shebab, sem ter confirmado a morte do mesmo, com um ataque de drone na quinta-feira.

Cerca de 150 pessoas tinham morrido, há semanas, na sequência de outro ataque com um drone contra um alegado campo de combatentes islamitas.

A ação foi revelada no mesmo dia em que, em Washington, Barack Obama admitiu pela primeira vez que os ataques de drones norte-americanos vitimaram civis inocentes no passado.

O presidente norte-americano considerou “legítimas” as críticas ao polémico programa de drones a que recorreu, desde o início do seu mandato, para contornar a pressão da opinião pública face aos excessos da luta contra o terrorismo, nomeadamente os polémicos voos da CIA.