A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Comissão Europeia reabre debate sobre reforma de Sistema Europeu de Asilo

Comissão Europeia reabre debate sobre reforma de Sistema Europeu de Asilo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Comissão Europeia reabriu o debate sobre a reforma do Sistema Europeu Comum de Asilo em nome de uma resposta eficiente à chegada massiva de migrantes e de refugiados que tem dado verdadeiras dores de cabeça ao bloco.

O executivo comunitário contempla um novo sistema “sustentável e equitativo” e propõe alterações às chamadas normas de Dublin, que estabelecem que o Estado-membro que deve tratar do pedido de asilo é o primeiro país de entrada de um requerente na União Europeia.

“O que colocamos em cima da mesa são duas linhas de pensamento. Uma repousa sobre a Convenção de Dublin e a isso soma-se um mecanismo que apoiaria os Estados-membros na linha da frente quando são pressionados por grandes quantidades que refugiados que chegam ao território. A outra abordagem seria a de ter um mecanismo que cria automaticamente uma distribuição de pessoas quando estas chegam aos Estados-membros”, disse o vice-presidente da Comissão Europeia, Frans Timmermans.

O executivo comunitário terá agora de apresentar uma proposta legislativa e para avançar a medida terá de conseguir a aprovação dos 28 Estados-membros.

O atual sistema deixou países como Itália e a Grécia, na linha da frente, sobre uma pressão sem precedentes.

Esta quarta-feira, a Comissão Europeia também sugeriu a criação de uma agência federal que concentre todas as questões relativas ao direito de asilo.