Deportações não fazem refugiados desistir do sonho europeu

Deportações não fazem refugiados desistir do sonho europeu
De  Nara Madeira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Enquanto a Europa começou a deportar os primeiros refugiados das ilhas gregas para a Turquia, novos grupos arriscam a travessia do Mar Egeu, ainda

PUBLICIDADE

Enquanto a Europa começou a deportar os primeiros refugiados das ilhas gregas para a Turquia, novos grupos arriscam a travessia do Mar Egeu, ainda que possam depois ser “convidados”, pelas autoridades europeias, a regressar.

Esta segunda-feira, a Guarda Costeira grega resgatou mais de 170 refugiados na costa de Lesbos. E há quem acredite que por ser sírio não será deportado:

“Não ouvi falar de sírios a serem enviados de volta para a Turquia. Ouvi dizer que estão a mandar de volta iranianos, afegãos, mas não sírios”, explica Firaz Kassem, um dos refugiados recém-chegados.

Mais de duas centenas de refugiados partiram da Grécia para a Turquia esta segunda-feira. Ao mesmo tempo que mais de 30 sírios partiram para a Europa. Uma troca prevista no acordo assinado entre a Turquia e a União Europeia.

Na fronteira entre a Grécia e a República da Macedónia, em Idomeni, a situação continua tensa. Esta segunda-feira, e pela terceira vez desde 23 de março, algumas dezenas de refugiados bloquearam uma estrada exigindo a reabertura da fronteira da Macedónia.

Idomeni refugees disrupt traffic to Macedonia in protest of border closure https://t.co/PfhmZC3YU0pic.twitter.com/1IxAriyTnc

— Ruptly (@Ruptly) 28 de março de 2016

A tensão entre refugiados e polícia foi inevitável. A circulação automóvel esteve interrompida.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mais de 200 migrantes reenviados no primeiro dia do acordo UE-Turquia

Grécia mais acessível para os turistas turcos

Nova tragédia em dois naufrágios de barcos a caminho da Grécia