Turquia : Ataque à bomba em Diyarbakir mata 2 soldados e fere 46 pessoas

Turquia : Ataque à bomba em Diyarbakir mata 2 soldados e fere 46 pessoas
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Um carro armadilhado, alegadamente pelo grupo terrorista PKK, explodiu segunda-feira junto de um posto militar de Hani, na província de Diyarbakir

PUBLICIDADE

Um carro armadilhado, alegadamente pelo grupo terrorista PKK, explodiu segunda-feira junto de um posto militar de Hani, na província de Diyarbakir, sudeste da Turquia, provocando a morte de pelo menos dois soldados — um deles, já esta terça-feira de manhã, vitima dos ferimentos graves sofridos. Pelo menos 46 pessoas resultaram feridas, incluindo 8 civis.

Hani'de Jandarma karakoluna bomba yüklü tankerle saldırı düzenlendi: 2 şehit https://t.co/2Rr0vuDxfcpic.twitter.com/akvbfRqaen

— Hurriyet.com.tr (@Hurriyet) 12 de abril de 2016

(Ataque com carro armadilhado contra posto militar em Hani: 2 mortos.)

Um pouco mais a sul de Hani, junto à fronteira com a Síria, Cizre tem estado sob recolher obrigatório devido à operação militar em curso contra o PKK. Os confrontos têm sido violentos, num conflito que já provocou a morte de cerca de 250 pessoas, adiantam algumas organizações de direitos humanos.

A equipa de reportagem de uma televisão nórdica entrevistou diversas famílias que já perderam entes queridos neste conflito. Num centro cultural, uma menina sentada a uma mesa, olha, triste, para um telemóvel. Ela perdeu o irmão e não percebe porquê.

“Perguntei-lhe porque estava a chorar. Ela disse: ‘Mãe, tenho tantas saudades do mano. Quero que ele volte’. Disse-lhe que ele não podia voltar, que já estava no paraíso. Eu quero que ela perceba, mas ela insistiu e eu disse-lhe que também tinha saudades”, contou aos jornalistas da NRK a mãe de Cihat, um rapaz de 13 anos que estava no sítio errado à hora errada.

Project to renew 2,700 buildings in clash-hit Cizre to cost $1.3 billion, idrisemen</a> reports <a href="https://t.co/bCze1jfU6t">https://t.co/bCze1jfU6t</a> <a href="https://t.co/Dup2uB62SO">pic.twitter.com/Dup2uB62SO</a></p>&mdash; Hürriyet Daily News (HDNER) 10 de abril de 2016

(Projeto de renovação de 2700 edifícios atingidos pelo conflito em Cizre custa em 1,3 mil milhões de dólares.)

Como Cihat, muitos outros civis têm perdido a vida nesta guerra das forças militares turcas contra o PKK, no sudeste do país. O centr cultural onde encontrámos a família de Cihat tem sido utilizado pelos familiares das vitimas para ali depositarem fotografias dos entes queridos e os homenagearem.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Chuvas fortes causam pelo menos uma morte na Turquia

Parlamento turco aprova adesão da Suécia à NATO

Comissão parlamentar turca aprova adesão da Suécia à NATO