A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Fraudes na medição de poluentes em 16 marcas de automóveis alemãs

Fraudes na medição de poluentes em 16 marcas de automóveis alemãs
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O escândalo Volkswagen transformou-se num caso de enormes proporções e atinge quase toda a indústria automóvel alemã.

Esta sexta-feira, os principais fabricantes alemães aceitaram chamar às oficinas milhares de veículos para alterar o sistema de medição de emissões poluentes incorporado nos motores diesel.

As autoridades detetaram fraudes em 16 marcas de carros. O ministro dos transportes da Alemanha, Alexander Dobrindt, anunciou que os fabricantes de automóveis vão chamar às oficinas, de forma voluntária, 630 mil veículos produzidos na Europa.

Entretanto, a Volkswagen aumentou o valor das provisões para fazer face aos encargos com processos judiciais e indemnizações, na sequência de um acordo com o departamento de justiça norte-americano.

O presidente da Volkswagen, Matthias Mueller, fez saber que o impacto negativo das provisões nas contas da empresa ronda os 16,2 mil milhões de euros.

Nos Estados Unidos, a empresa alemã vai pagar 4400 euros a cada cliente e equipar os veículos com um novo sistema de medição de poluentes.