Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Colapso da fusão entre Halliburton e Baker Hughes

Colapso da fusão entre Halliburton e Baker Hughes
Tamanho do texto Aa Aa

É o fim do processo de fusão entre a Halliburton e a Baker Hughes.

As duas companhias, entre as três empresas mundiais de serviços petrolíferos, anunciaram o fim do acordo, devido às dificuldades em obter a aprovação das autoridades norte-americanas e europeias.

A fusão, num valor de 28 mil milhões de dólares, tinha sido anunciada em novembro de 2014. Agora, a Halliburton vai indemnizar a Baker Hughes em 3,5 mil milhões de dólares.

A Comissão Europeia tinha revelado preocupações sobre as consequências para o mercado.

No mês passado, o departamento norte-americano de Justiça e a Comissão de Comércio Federal avançaram com processos contra a fusão, por temerem que a fusão eliminasse a competência, aumentasse os preços e reduzisse a inovação.

Em alguns setores petrolíferos, o mercado passaria a ser controlado por duas empresas: Halliburton e Schlumberger.