Última hora

Suécia: Mulher "afro-sueca" enfrenta manifestantes neo-nazis

Suécia: Mulher "afro-sueca" enfrenta manifestantes neo-nazis
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A fotografia da “afro-sueca” Tessa Asplund de punho erguido em frente a uma manifestação de 300 neo-nazis tornou-se viral e um um símbolo da resistência contra a extrema-direita na Suécia. Tal como outros países da Europa, a Suécia debate-se com a crise de refugiados e com milhares de pedidos de asilo.
A Suécia tem registado casos de violência contra refugiados e centros de acolhimento.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.