EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Roménia lidera mortes evitáveis na UE

Roménia lidera mortes evitáveis na UE
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Portugal tem um desempenho melhor que a média.

O que são mortes evitáveis?

  • Mortes prematuras, que poderiam ter sido evitadas com cuidados médicos adequados
  • Mortes de pessoas com menos de 75 anos
  • As principais causas de morte são ataques cardíacos e AVC
  • É um dos indicadores para medir a qualidade dos cuidados de saúde nos Estados-membros da UE
  • Os números são de 2013

Os números

PUBLICIDADE

Os números absolutos mostram quantas mortes potencialmente evitáveis aconteceram num Estado-membro. A taxa de mortes evitáveis corresponde à percentagem, em comparação com o total de mortes de pessoas com menos de 75 anos.

Os piores

O Estado-membro com taxa mais elevada é a Roménia (49,4%), o que significa que quase metade das mortes de pessoas com menos de 75 anos poderiam ter sido evitadas com cuidados médicos adequados. Seguem-se a Lituânia (45,4%) e a Eslováquia (44,6%). A de Portugal (32%) ficou abaixo da taxa média da UE (33,7%).

Os melhores

A taxa de mortes evitáveis em França é de 23,8 , cerca de metade do valor da Roménia. Seguem-se a Dinamarca (27,1), a Bélgica (27,5%) e a Holanda, também abaixo dos 30%.

Causas das mortes evitáveis

Na União Europeia, os ataques cardíacos são a causa mais comum – 184.800 (32%) mortes evitáveis foram causadas por ataques cardíacos. Seguem-se os AVC, responsáveis por 93.900 mortes (16%) e o cancro colorrectal. Se juntarmos a este o cancro da mama, temos um total de 117.800 mortes, ou seja, 21% de todas as mortes evitáveis na União Europeia.

Fonte: eurostat

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Incêndio de grandes proporções afeta empresa farmacêutica dinamarquesa Novo Nordisk

Morreu o estilista Roberto Cavalli aos 83 anos

Sete pessoas julgadas por fornecer droga suicida a mais de 600 pessoas nos Países Baixos