EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Pelo menos 880 mortos no Mediterrâneo em uma semana

Pelo menos 880 mortos no Mediterrâneo em uma semana
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A conclusão é do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).

PUBLICIDADE

Pelo menos 880 pessoas morreram a tentar cruzar o Mediterrâneo na semana passada, de acordo com os dados apresentados, esta terça-feira, pela Agência das Nações Unidas para os Refugiados.

Até agora, este ano está a ser mais mortífero do que o período homólogo de 2015. Desde o início do ano, 2510 migrantes e refugiados já perderam as vidas, contra 1855 nos mesmos meses do ano passado.

De acordo com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, os traficantes estão a encher com cada vez mais pessoas os barcos, que em muitos casos não têm condições para fazer a travessia, pelo que assim que partem pedem socorro.

As autoridades italianas detiveram, esta terça-feira, dezasseis indivíduos marroquinos acusados de terem atravessado, com o apoio de uma organização líbia, quase 900 migrantes clandestinos da Líbia para Itália.

Thus far 2016 is proving to be particularly deadly. Some 2,510 lives have been lost so far compared to 1,855 in the same period in 2015.

— UNHCRNews (@RefugeesMedia) May 31, 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Grupo de migrantes resgatados no mar entre a Grécia e Itália

Eleições europeias: O que é que os eleitores querem e o que é que os candidatos prometem?

Requerentes de asilo em Dublin queixam-se de tratamento “desumano”por parte do Governo