Extrema-direita austríaca recorre do resultado das presidenciais

Extrema-direita austríaca recorre do resultado das presidenciais
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A extrema-direita austríaca interpôs um recurso para contestar os resultados das eleições presidenciais de 22 de maio.

PUBLICIDADE

A extrema-direita austríaca interpôs um recurso para contestar os resultados das eleições presidenciais de 22 de maio.

O líder do Partido da Liberdade FPÖ afirma terem existido inúmeros erros e irregularidades na contagem dos votos por correspondência e que isso terá feito o candidato Norbert Hofer perder reduzida para o ecologista Alexander Van der Bellen por uma margem reduzida – uma diferença de pouco mais de 30 mil votos num universo eleitoral de 4,6 milhões.

O Tribunal Constitucional deverá apresentar uma decisão até 08 de julho, dia em que toma posse o novo Presidente da Áustria.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Áustria: Ministério do Interior investiga "irregularidades" nas presidenciais

Áustria: Nacionalista Norbert Hofer recusa rótulo de extrema-direita e partido aponta à chancelaria

Ainda sem vitórias, extrema direita ganha terreno na Europa