EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Escócia/UE: Nicola Sturgeon elogia "recetividade" de Juncker e Schulz

Escócia/UE: Nicola Sturgeon elogia "recetividade" de Juncker e Schulz
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A primeira-ministra da Escócia foi a Bruxelas buscar apoios.

PUBLICIDADE

Com dois terços dos escoceses a votar contra o “Brexit”, a primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, foi a Bruxelas buscar apoios e não saiu de mãos a abanar.

Para já, Sturgeon não fala de independência nem de um novo referendo, mas diz que todas as opções estão em aberto para que a Escócia possa continuar a fazer parte da União Europeia: “Se houver uma forma de ficar, estou determinada a encontrar essa forma. Todas as hipóteses estão em cima da mesa. Como disse, não subestimo os desafios. Os contactos que tive foram reconfortantes. Hoje, encontrei aqui recetividade”.

Nicola Sturgeon esteve primeiro com o presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, e depois com o presidente da Comissão europeia, Jean-Claude Juncker.

Em comum, a vontade de que a Escócia se mantenha na União Europeia. Mas isso vai ser difícil de conseguir sem a independência escocesa do Reino Unido. Depois do referendo de há dois anos, em que os independentistas perderam, pode estar um novo à porta.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Reino (des)Unido: a Escócia quer ficar na UE

Chegada da seleção portuguesa deixa centenas em euforia e até houve rancho folclórico

Afinal, Nigel Farage vai concorrer às eleições no Reino Unido