Larry não deixa o n°10 de Downing Street

Larry não deixa o n°10 de Downing Street
Direitos de autor 
De  Euronews com LUSA, Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os Cameron terão de fazer as malas e abandonar a residência oficial do primeiro-ministro, mas a casa não ficará vazia.

PUBLICIDADE

Os Cameron terão de fazer as malas e abandonar a residência oficial do primeiro-ministro, mas a casa não ficará vazia.

À espera dos novos inquilinos, a primeira-ministra Theresa May e o seu marido, estará Larry.

O gato malhado que David Cameron, afirma, sentirá saudades.

Larry foi adotado em 2011 para assustar os ratos que habitavam o número 10 de Downing Street.

Proof… pic.twitter.com/UZVXn6WcUw

— David Cameron (@David_Cameron) 13 juillet 2016

O felino, que até tem conta no Twitter, mereceu destaque na última intervenção de David Cameron no parlamento, enquanto primeiro-ministro do Reino Unido.

“O rumor de que não gostava de Larry não é verdade. Eu gosto dele e tenho uma fotografia que o prova. Infelizmente, não poderei levar o Larry comigo. Ele pertence à casa e os funcionários gostam tanto dele quanto eu”, disse Cameron.

People seem to be making quite a big fuss about me replacing my butler...

— Larry the Cat (@Number10cat) 13 de julho de 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

A saída de Cameron

Cozinhou, arrumou e até entregou refeições: príncipe William voltou aos compromissos públicos

Girafa de espécie rara sai à rua pela primeira vez no Zoo de Chester