A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Colaboradores da Uber queixam-se em tribunal da falta de benefícios sociais

Colaboradores da Uber queixam-se em tribunal da falta de benefícios sociais
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Dois motoristas colaboradores da UBER no Reino Unido colocaram esta empresa revolucionária do setor dos transportes em tribunal devido à falta de benefícios sociais.

Os dois motoristas alegam que a UBER está a proceder de forma ilegal ao não lhes oferecer subsídios de férias e de baixa médica.

A UBER britânica defende-se e diz que mais de trinta mil motoristas de Londres com quem colabora já beneficiam da flexibilidade de poderem trabalhar apenas quando querem e de mesmo assim receberem em média mais do que ordenado mínimo: 7,20 libras/ hora (cerca de 8,5 euros/ hora).