Turquia: PM reúne Conselho Militar Supremo em tempo de purga

Turquia: PM reúne Conselho Militar Supremo em tempo de purga
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A convulsão na Turquia prossegue com a demissão de dois generais de quatro estrelas no dia em que o primeiro-ministro Binali Yildirim preside ao Conselho Militar…

PUBLICIDADE

A convulsão na Turquia prossegue com a demissão de dois generais de quatro estrelas no dia em que o primeiro-ministro Binali Yildirim preside ao Conselho Militar Supremo. Esta instância reúne-se uma vez por ano mas esta é uma ocasião particular porque decorre uma purga nas Forças Armadas na sequência do golpe de Estado falhado.

O cientista político Ahmet Kasim Han explica que a assembleia tem por costume moldar a estrutura das Forças Armadas para os anos seguintes e que as nomeações que saírem do Conselho vão dar pistas fortes para o futuro.

De referir que desde a intentona do dia 15 de julho já foram afastados 149 oficiais-generais.

O governo de Ancara acusa o clérigo Fethullah Gulen de orquestrar o putsch militar e reclama a sua extradição dos Estados Unidos. Agora afirma deter informações de que Gulen estará a preparar a fuga para um país sem acordo de extradição com a Turquia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Turquia: instabilidade política provoca queda nas receitas turísticas

Turquia encerra 131 órgãos de informação e detém 71 jornalistas

Turquia ordena detenção de mais 47 jornalistas quando purga já atingiu mais de 60 mil