A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Brasil: Início do julgamento final de destituição de Dilma Rousseff

Brasil: Início do julgamento final de destituição de Dilma Rousseff
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Dilma Rousseff joga as últimas cartas políticas antes de o Senado iniciar, esta quinta-feira, o julgamento final no processo de destituição.

A minha presença (no Senado) prova de forma clara que há uma rutura democrática no Brasil.

Na véspera, a presidente, com mandato suspenso desde maio, encontrou apoiantes em Brasília.Negou ter cometido irregularidades orçamentais e reiterou que é vítima de um golpe de Estado: “Eu nunca recebi dinheiro de corrupção. A minha presença (no Senado) prova de forma clara que há uma rutura democrática no Brasil e isso é importante para todos os brasileiros, para o mundo inteiro, e para que possamos impedir que isso volte a acontecer”.

A audiência de Dilma Rousseff no Senado está marcada para segunda-feira. No dia seguinte, é a votação final. Os senadores decidem se Dilma reassume o mandato ou se o Presidente interino, Michel Temer, assume definitivamente os comandos do país até às presidenciais de 2018.

Segundo uma sondagem do Globo, 51 senadores já se declararam favoráveis à destituição. Mais três votos e Dilma perde definitivamente o mandato.