Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

China: Lucros da petrolífera Sinopec caem mais de 20%

China: Lucros da petrolífera Sinopec caem mais de 20%
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A petrolífera chinesa Sinopec sofreu um decréscimo de lucros de 21,6%, no primeiro semestre deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado, em consequência da queda do preço do petróleo nos mercados internacionais.

A maior refinadora da Ásia registou lucros de 2,66 mil milhões de euros (19,92 mil milhões de yuan) entre janeiro e junho, segundo um comunicado enviado no domingo à bolsa de Hong Kong.

“Na primeira metade de 2016, os preços do petróleo bruto no mercado internacional registaram uma queda acentuada, face à primeira metade de 2015, atingindo o seu valor mais baixo”, explicou a empresa controlada pelo Estado chinês.

A descida no preço do petróleo foi acompanhada por um aumento de 4,4% no consumo de produtos derivados do petróleo no país.

A Sinopec não foi a única empresa chinesa do ramo a ser atingida pela queda do preço do petróleo. O maior produtor petrolífero da China, a PetroChina, anunciou na semana passada uma queda de 97,9% dos lucros, no primeiro semestre do ano, face ao mesmo período do ano passado, para 71 milhões de euros (531 milhões de yuan). Isto enquanto a CNOOC, o maior produtor de petróleo e gás em alto mar, registou prejuízos líquidos de 7,74%, nos primeiros seis meses deste ano.