Última hora
This content is not available in your region

Regime sírio novamente acusado de usar gás de cloro

euronews_icons_loading
Regime sírio novamente acusado de usar gás de cloro
Tamanho do texto Aa Aa

Nova suspeita de ataque com armas químicas atribuído ao regime sírio: o Observatório Sírio dos Direitos Humanos informou de dezenas de casos de pessoas sufocadas num bairro controlado pelos rebeldes em Alepo, a segunda cidade do país.

Segundo o diretor da organização, “helicópteros do regime largaram barris com explosivos sobre [o bairro de] Soukkari e há mais de 70 casos de intoxicação”. O responsável do Observatório não indicou com que tipo de gás as vítimas foram asfixiadas, mas militantes do Centro de Media de Alepo, uma associação anti-Damasco, acusou através da sua conta no Twitter as forças governamentais de usarem cloro no ataque.

No fim de agosto, investigadores da ONU tinham concluído que o regime tinha recorrido a gás de cloro em pelo menos dois ataques contra localidades da província de Idlib.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.