Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Regime sírio novamente acusado de usar gás de cloro

Regime sírio novamente acusado de usar gás de cloro
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Nova suspeita de ataque com armas químicas atribuído ao regime sírio: o Observatório Sírio dos Direitos Humanos informou de dezenas de casos de pessoas sufocadas num bairro controlado pelos rebeldes em Alepo, a segunda cidade do país.

Segundo o diretor da organização, “helicópteros do regime largaram barris com explosivos sobre [o bairro de] Soukkari e há mais de 70 casos de intoxicação”. O responsável do Observatório não indicou com que tipo de gás as vítimas foram asfixiadas, mas militantes do Centro de Media de Alepo, uma associação anti-Damasco, acusou através da sua conta no Twitter as forças governamentais de usarem cloro no ataque.

No fim de agosto, investigadores da ONU tinham concluído que o regime tinha recorrido a gás de cloro em pelo menos dois ataques contra localidades da província de Idlib.